Você já teve um desejo incontrolável de ser perfurado por uma dúzia de agulhas? Esta é a imagem que a maioria das pessoas recebe quando alguém menciona a palavra “acupuntura”. Não é de surpreender que a maioria veja essa técnica com desconfiança, até mesmo horror. O fato é que, no entanto, essa técnica chinesa antiga, relativamente indolor, ajudou a aliviar os sintomas de milhões de pessoas. Usado corretamente, pode ajudar no gerenciamento de muitas condições médicas, incluindo dor crônica e fadiga.

Como funciona a punção com agulha?

Praticantes da medicina tradicional chinesa acreditam em fluxos de energia. Essa energia, chamada Qi, circula pelo corpo usando caminhos chamados meridianos. Meridianos correm muito perto da superfície da pele em certas áreas e podem ser acessados ​​por agulhas. Muito parecido com encanamento, esses tubos podem ficar bloqueados ou seguir o caminho errado, causando problemas de saúde. A inserção de agulhas nesses pontos visa ajudar a soltar os blocos e normalizar o fluxo.

Parece uma explicação inventada sem base na realidade, mas existem numerosos estudos científicos que apoiam os efeitos da acupuntura. Embora a base científica exata ainda seja desconhecida, teorias recentes parecem sugerir envolvimento de efeitos neuroquímicos complicados no cérebro, nervos à modulação do impulso da medula espinhal e alterações microscópicas do tecido conjuntivo.

Quais riscos e efeitos colaterais são preocupantes?

O uso de coisas não completamente compreendidas para o tratamento de condições médicas não é novidade. A penicilina e a aspirina foram usadas por décadas apenas com base em seus efeitos benéficos, sem que os médicos soubessem exatamente como elas funcionavam. Os resultados são realmente importantes. No entanto, é igualmente importante garantir que a técnica seja usada com segurança.

Como outras estratégias utilizadas no tratamento de condições de saúde, a acupuntura pode ter alguns efeitos colaterais. Medicamentos têm efeitos colaterais e reações alérgicas, cirurgias têm risco de infecção e complicações. Para punção com agulha, há risco de lesão, infecções raras, sangramento menor, pequenas contusões e alguma tontura.

Você pode minimizar os possíveis efeitos colaterais, escolhendo um acupunturista licenciado. A maioria dos países tem licenciamento do governo ou organizações profissionais com regras e regulamentos muito rígidos.

Como os tratamentos vão?

Um acupunturista fará uma avaliação inicial do seu histórico médico e do estado atual do seu corpo. Múltiplos pontos de pressão são palpados e um regime de tratamento é formulado. A maioria dos cursos envolve uma série de 10 a 20 sessões de tratamento, cada uma com duração de 30 a 90 minutos. As agulhas serão cuidadosamente colocadas nos pontos necessários e mantidas no lugar por algum tempo. A maioria dos pacientes relata uma sensação de sensação leve no local da punção, mas sem dor real.

Logo após cada sessão de acupuntura, você vai se sentir um pouco cansado e pode precisar descansar. Algumas pessoas sentem um aumento em seus níveis de energia. A resposta à acupuntura é muito individual. Em alguns casos, há alívio imediato dos sintomas. Para alguns pacientes, os efeitos benéficos só podem ser notados após algumas sessões. Não se assuste e mantenha o seu acupunturista atualizado sobre o que você está sentindo para garantir que tudo está indo como o esperado.

Você nunca precisa temer o pensamento de agulhas novamente. A acupuntura é um tratamento benéfico com uma longa história de eficácia. É usado para complementar a terapia médica atual e não deve substituir medicamentos ou tratamentos existentes atualmente.

A aplicação segura desta terapia uma vez exclusivamente chinesa pode agora ser experimentada por pessoas com doenças crônicas em todo o mundo.